quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Natal do Senhor


"Hoje nasceu para nós o Salvador, que é Cristo o Senhor."


Eis o dia Santo, o dia em que Deus se fez homem, dia em que o céu e a terra trocaram seus dons. Deus se fez HOMEM e habitou entre nós, revelou-nos seu rosto, revestindo-se de nossa aparência. Que mistério profundo que até os anjos emudece...

Bendito Seja Deus que por tão grande amor. Enviar a nós seu Unigênito, por enviar-se a Si mesmo fazendo-se semelhante àqueles que ele tornou semelhante a Si.

Com que amor e com que temor irmãos, nos achegaremos ao presépio onde repousa o Menino Deus?! Sim, temos que nos achegar até Ele, os anjos o anunciaram aos pastores, mas não foram os anjos que correram para a gruta de Belém, foram os pobres pastores. E agora é nossa vez! O Menino que lá está é o Emanuel, é Deus, é o libertador, o Salvador, o Princípe da Paz, o Conselheiro Admirpavel, o Pai dos tempos. Ei-lO envolto em faixas, adoremo-lO nos braços da linda Pastora que no-lO apresenta.

Deus, ver-te assim tão pequenino, cheio de humanidade e desejoso de nossa participação em vossa Divindade, me enche de temor, me confundi por não compreender como o Infinito veio habitar no finito. Vosso amor é tão incondicional que não poupaste enviar-vos a vós mesmo para a culpa dos servos apagar. Viestes pequenino, porém Vossa grandeza ultrapassa qualquer entendimento e a nós não é permitido compreender os meios, mas somente adorar Vossa Teofania. Escolheste uma santa Mãe para Vosso Menino, fizeste dela a mais bela das criaturas, a inudaste de vosso Espirito Santo e a deste a dignidade de ser Mãe no tempo, daquele que Vós sois Pai na eternidade, porque para Vós nada é impossível.

Hoje se pode exclamar como na Páscoa da Ressurreição, "Ó pecado de Adão indispensável, pois o Cristo o dissolve em seu amor, ó culpa tão feliz que há merecido a graça de um tão grande redentor."

Bem-aventurada graça a de ter Jesus. Vos vejo meu Menino, deitado nos braços da Mãe e penso que vosso amor desde já salva os homens e os converte. Penso que os pobres pastores, os excluídos que vos viram pela primeira vez eram os que mais próximos da salvação estavam. Já vos deram os devidos atos de adoração indo à manjedoura, ja vos levaram os seus presentes de amor que era o próprio coração deles. E hoje, e hoje meu Senhor, chego tão pequenino diante de Vós, tão pobre por ter tanto e ter tão pouco pra te dar. São muitos os que passam por ti e como naquela primeira vez em Belém não vos reconheceram como Salvador. Hoje, como naqueles dias, eles festejam, bebem e comem muito bem, mas não são capazes de reconhecer o motivo da celebração e por isso ela vã. Ela é de adoração ao estômago, ao prazer, à carne. Elegeram um Salvador gordo, de barbas e velho, mas não reconheceram o Novo, o Menino, o Príncipe. Para ele abrem as portas, as janelas e as chaminés, mas para Vós meu Menino estão fechados. Distribuem presentes, mas não reconhecem o presente do céu, a dádiva mais sublime. Estamos contaminados Senhor, mas ainda queremos a Vossa Salvação, desejamos vê-lO, queremos tê-lO e cremos que não irás desistir de nós, pois somos Vossos e Vós não quereis que se percam nenhum daqueles que o Pai vos deu. Amém



Feliz Natal a todos... Que o Menino Jesus seja o verdadeiro centro do nosso Natal e da nossa vida!

celebramos a solenidade do natal e este dia se estende por mais oito dias, estamos na oitavo do Natal até o dia 1 de janeiro. Oito como se fossem um só, pois HOJE NASCEU PARA NÓS O SALVADOR, QUE É CRISTO O SENHOR!

Um comentário:

Rosa Desfolhada disse...

Louvado seja o santo nome do Senhor por seu amor sem fim!!

\o/

Feliz demais!

Paz a vc!!

Related Posts with Thumbnails