sábado, 20 de dezembro de 2008

Ó Clavis


Ó Chave de Davi, Cetro da Casa de Israel,

que abris e ninguém fecha, que fechais e ninguém abre:

vinde logo e libertai o homem prisioneiro,

que, nas trevas e na sombra da morte, está sentado.

2 comentários:

Brunus disse...

"Estando trancadas as portas do lugar onde os discípulos estavam, Jesus entrou e se pôs no meio deles..." que maravilha pensar que Ele pode ultrapassar nossas portas trancadas, e que tristeza pensar que a para adentrar as portas do nosso coração só lhe resta a possibilidade de bater e chamar: “Eis que estou às portas e bato; se alguém ouvir minha voz e me abrir a porta, eu entrarei e cearei com ele e ele comigo” (Ap: III, 20). .. mesmo sendo a chave, mesmo sendo o Senhor...

Marcus Feichas disse...

Caro Bruno,

Explêndida reflexão! O quanto isto deveria aguçar nosso intelecto antes mesmo de tocar nosso coração. A maravilha que Dele é doada e a monstruosidade que de nós é devolvida. Não sabemos nem ao menos abrir nossa boca para agradecer sinceramente a um humano que se doa por nós. O que diremos do quanto nos falta para permitimos que Ele entre, sente-se à mesma e nos honre com sua presença.

Lutemos, incansavelmente, para abrirmos nossas moradas para Ele entre e abra todas as portas ainda não reveladas. E que por elas, passem todos aqueles que aguardam ansiosamente pelo convite que ainda não fizemos.

Abraços...

Related Posts with Thumbnails