quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Angelus Domini



o Anjo do Senhor anunciou a Maria.
e Ela concebeu do Espírito Santo.
eis aqui a Serva do Senhor.
faça-se em mim segundo a vossa palavra.
e O Verbo de Deus se fez homem.
e habitou entre nós!

7 comentários:

Rosa Desfolhada disse...

Amém!
Seja feito isso em nossa vida também!

Brunus Augustus disse...

Querida, O Anjo do Senhor veio, anunciou e tudo conforme ele disse se cumpriu... cabe-nos agora saber buscar o Fruto bendito que nos foi dado por Deus. O Anjo anunciou, mas nossos ouvidos ainda não se abriram para ouvi-lo. Maria, a perfeita discípula, ouviu, acreditou e anunciou e ainda hoje continua a nos orientar para o seu Filho, Salvação nossa. FAZEI TUDO O QUE ELE DISSER.

Marcus Feichas disse...

Caro Bruno,

Muito bem observado que, ainda não nos abrimos para recebê-lo. Não apenas os ouvidos, mas o coração, a alma. Enquanto nosso Natal estiver sempre repleto de inúmeros presentes cada vez mais desenvolvidos tecnologicamente recheados por um mundo infinito de homens de vermelho e barbas brancas, mas não sentar-se à mesa o fruto e origem da celebração, estaremos cumprindo círculos viciosos e sempre distante das bençãos do Pai.
O Natal precisa ser vivência de todo dia, de toda hora. Não vivenciaremos o Natal em nossas vidas se fecharmos os olhos para os sofrimentos humanos mais profundos, as mazelas sociais, o desrespeito às individualidades, as guerras em nome de uma fé insana, desagregadora. Somente será feito em nossa vida algo de novo, oriundo do Natal que traz o Cristo, se a partir de nós, for acolhido o Filho de Deus. E este acolhimento, passa por mudanças radicais em nossos comportamentos, pensamentos, movimentos. Somos ótimos em apontar os erros, mas péssimos em pensar e aplicar os dons que nos foram ofertados por Deus para resolvê-los. As críticas que nos engrandeceram de fato, são aquelas que antes de apontar as falhas ou equívocos do próximo, nos façam exercer na vida humana tudo aquilo que pregamos. Estamos buscando a vivência real daquilo que dizemos, escrevemos, refletimos?
Que o Natal, o Verbo de Deus encarnado, retire de nós as armaduras físicas, psíquicas, sociais, espirituais, emocionais. E assim, a partir de nossas mudanças pessoais, então comecemos a transformar o mundo, a Terra, que foi igualmente habitada, com simplicidade e maestria, com brilhantismo e humildade, pelo Verbo de Deus. A humildade não pode fazer de nós seres letárgicos, sem ação, compromisso com a melhoria em todos os níveis de nossa vida. Somos sempre chamados a melhorar como seres humanos, a nos aperfeiçoar em nossos comportamentos, a prosperar no conhecimento. Pois tudo nos foi doado pelo Pai e se não buscarmos a excelência sempre, não estaremos percorrendo o caminho inverso daquele traçado para nossa santidade.
Abraços, santo e feliz Natal a todos!

Marcus Feichas disse...

* correção:

Em "...não estaremos", substituam por "...nós estaremos"

Marcus

Brunus disse...

O Anjo disse: Ave Cheia de Graça o Senhor é Contigo... Maria perturbou-se, mas sua perturbação logo era sanada pela graça de Deus que nela já era infundida. Plena da Graça de Deus, guardava tudo em seu coração, e meditava, e logo se perguntava qual o significado daquilo. Sabia a Virgem Puríssima que era agradável a Deus e que o agradaria se a Ele se entregasse seu SIM. Não compreendia tudo, mas em tudo dizia SIM, pelo fato de saber que aqueles que se confiam a Deus jamais serão confundidos. E ela guardava tudo no seu coração. Naquele mesmo coração que anos mais tarde seria transpassado pela lança, aquela espada de dor e de redenção que feria o coração de Jesus. Bendita profecia de Simeão, já previa a intíma união da santa Mãe com seu divino Filho. E ela guardava tudo no seu coração. A nova EVA, agora revestida de toda graça de Deus em virtude dos méritos de Cristo, vinha sem mancha, e vinha com a marca da promessa: - Mulher, tu lhe esmagarás a cabeça da serpente - Sim, já não era mais uma mãe imersa no pecado, mas uma Mãe escolhida lá na eternidade, Mulher que cativou a Deus, que O fez apaixonar-se, mulher criada por Ele e amada mais do que todas as criaturas, a AMADA DE DEUS e com certeza a maior AMANTE DE DEUS. De EVA ela trocou o nome, por isso o Anjo a Saudou com o AVE. Concebida sem o pecado original não trouxe sobre si a maldição das dores do parto, mas em seu coração cumpriu o que São Paulo em breve iria dizer e experimentar: COMPLETO NA MINHA CARNE O QUE FALTA AOS PADECIMENTOS DE CRISTO - Mulher de verdade e santa de verdade, pois assim Deus quis e assim Deus fez. Bendito seja o Nome do Senhor.

"Virgem permanecestes antes, durante e depois do parto..." Santo Agostinho

Rosa Desfolhada disse...

Anunciar...

brunus disse...

Eis o tempo novamente favorável...
ANUNCIAR.... ANUNCIAI A SALVAÇÃO....

EIS O SANTÍSSIMO NOME PELO QUAL SOMOS SALVOS E NÃO HÁ OUTRO.. JESUS!!! VINDE SENHOR JESUS!!!!

Related Posts with Thumbnails