segunda-feira, 29 de junho de 2009

Solenidade PETRUS ET PAULUS

Com esta Solenidade encerra-se em toda a Igreja o ANO PAULINO, dedicado ao bi-milenário aniversário natalício da 'FLOR DO MUNDO' - São Paulo, o "Apostolo das gentes". O grande arauto da fé católica pregou aos gentios a Boa-Nova pregada por Cristo nos dias de sua vida na terra. O grande Doutor mereceu a glória do martírio e à imitação do Senhor aceitou ser morto pelo reino. Herdando a coroa imperecível no reino Celeste, Paulo é decaptado e de sua cabeça caída na terra faz jorrar água do solo para mostrar que a morte de um soldado de Cristo nunca é infértil, mas jorra como torrente de conversão para os povos.
Morte igualmente gloriosa sofre nosso primeiro Papa sendo crucificado de cabela para baixo. O glorioso São Pedro é preso e durante a sua prisão toda a Igreja reunida elevava preces a Deus por ele. O Sumo Pontifice do início da fé entregou sua vida ao martírio entregando-se a Deus também como vítima de expiação pelos pecados de muitos e para propagação do reino de Seu Filho Jesus na terra dos viventes. Confirmando na fé única todos os chamados a uma vida nova a exemplo de Cristo Jesus.Os dois fazem da Roma pagã um novo mundo, banham-na de púrpura e fazem dela resplandecer e florescer sementes de vida eterna que desde a antiguidade propagou-se pelo fecundo testemunho deles e de tantos outros bem-aventurados que entregaram suas vidas em resgate de muitos.
Celebrar esses dois Apóstolos é celebrar a vida da Igreja, em Pedro celebramos a UNIDADE INDIVISA, desejada por Jesus e da qual ele orou no Gets}emani. Unidade a Cristo em Sua Igreja que tem por pedra a Cefas. Em Paulo celebramos a Catolicidade desta mesma Igreja que congregou num só rebanho todos os povos batizando-os em Nome da Trindade como é do agrado de Nosso Senhor Jesus Cristo. Essa catolicidade é evidenciada ainda hoje pela comunhão dos santos que unidos num só corpo pelo batismo são sinais da Igreja de Deus onde quer que estejam e fermento de renovação espiritual para os irmãos.

Um pela cruz, outro pela espada e os dois por Cristo.

Testemunhamos também neste dia santo o nosso amor especial pelo Soberano Pontifice, o gloriosamente reinante, PAPA BENTO XVI, celebrando junto de São Pedro o dia do PAPA. Dia em que o fiéis do mundo inteiro elevam preces ao Pastor supremo da Igreja, o Cristo Visível, Chefe e cabeça da Igreja Universal. A ti beatíssimo Pai nossas preces para que o múnus exercido por vós seja profícuo e renda graças ao Senhor que te constitui Apóstolo "das gentes".

Viva São Pedro e São Paulo - Viva o Santo Padre, vida longa ao Papa!

2 comentários:

Tales disse...

Considerados duas pilastras para a Igreja primitica e triunfante, é uma festa que temos q celebrar com mto zelo, pois um (Paulo)ficou cego para viver na luz de crisito e outro guardou sua espada para brigar com palavras e atiutdes de fé que lhe inspirava o Espirito Santo,São Pedro e São Paulo, roguem por nós!

DIEGO RABELO disse...

Que a força de Pedro e Paulo nos reanime na caminhada rumo ao Céu!

Related Posts with Thumbnails