terça-feira, 5 de outubro de 2010

Ah, se eu fosse Marinheiro...


"O meu amor me deixou

Se eu fosse marinheiro

Era eu quem teria partido.

Seria doce o meu lar...

Não buscaria conforto

Não pensaria em dinheiro

Um amor em cada porto".






Hoje acordei querendo velejar, querendo sair do meu porto
e mesmo que meio perdido, me lançar no mar.
Deixar o vento levar, sem eira nem beira.
Dinheiro? Amor de cada porto,
Livre, só com umas peças de roupa.
Sem nada nas mãos.
Partir!
"E se partisse, colar com cola de maresia..."
É de se lamentar a falta do mar e do barco...
O vento, a vontade e as redes, até dá pra arrumar...
Fazer o quê?!
Posso usar meu rio...
Barrento mesmo... meio seco e por ele velejar..
No fim dele está o grande mar;;;
Ah, se eu fosse marinheiro!

3 comentários:

Anônimo disse...

Вот еще немного ссылок на тему, как похудеть.
Похудеть http://tylerleonard.t35.com/

Flor de Lys disse...

Oi, amigo.
Linda sua reflexão!!!

Tem um selo de presente pra vc la no meu blog, vai buscar! rs

;* Álly.

Bruno Augusto disse...

Selo recebido... e já agradecido... um grande bjo

Related Posts with Thumbnails